Lançamento do livro “Políticas Públicas de Radiodifusão no Governo Dilma”

A obra de Octavio Penna Pieranti retrata um período agitado nas comunicações brasileiras. Naqueles anos, dentre outras ações, começou o desligamento da TV analógica; o rádio AM iniciou sua transição para a faixa de FM; foram criados os Planos Nacionais de Outorgas (PNOs), fruto de uma política de ampliação da transparência e que resultaram na publicação de dezenas de editais para selecionar novas emissoras de rádio e TV. Mas também, naquele período, o governo federal deixou de encaminhar ao Congresso Nacional uma proposta de novo marco regulatório para a radiodifusão.

O autor ajudou a construir várias dessas políticas públicas, já que, como servidor público, trabalhou no Ministério das Comunicações de 2011 a 2016. Neste livro, articula, explica e analisa uma série de informações públicas e disponíveis, mas nem sempre compreensíveis para quem não atua na administração pública. Assim, o livro contribui para a preservação da memória de uma época e de um setor e é leitura importante para quem lida com políticas públicas de comunicação e com a administração pública.

CLIQUE AQUI para baixar gratuitamente. Também é possível comprar o livro na Amazon, em meio físico, caso você prefira: https://goo.gl/jmVZVE

Sobre o autor

Octavio Penna Pieranti é servidor público desde 2007 e trabalhou nos ministérios das Comunicações e da Cultura, na EBC e na Anatel. Pesquisador de pós-doutorado em Comunicação (FAC/UnB), doutor em Administração e mestre em Administração Pública (Ebape/FGV) e jornalista (Eco/UFRJ). Autor e organizador de quatro livros, sendo o mais recente “O Estado e as Comunicações no Brasil”, e de dezenas de artigos acadêmicos, a maior parte dos quais sobre políticas públicas de comunicação. Pesquisador emérito do Abras (UFF) e pesquisador do Lecotec (Unesp).

 

-Autoria do texto: Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília – FAC/UnB-

Deixe uma resposta